Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
02/10/2023 11h00min - Agricultura
5 meses atrás

Semeadura no Centro-Oeste deve ocorrer dentro da normalidade climática


Imagem divulgação ► 
Fonte: Fonte Agrolink



O clima de outubro é marcado pelas características de transição, onde as instabilidades passam a ser mais recorrentes na região central do Brasil, ao mesmo tempo que algumas massas de ar frio conseguem avançar pelo sul e sudeste. Também é em outubro que as operações de plantio da safra de verão atingem o seu pico de atividade nas principais regiões produtoras do país. 

COMO É O CLIMA “NORMAL” DE OUTUBRO?

A primavera no Brasil traz consigo mudanças climáticas marcantes, influenciando diretamente as atividades agrícolas em diversas regiões do país. O mês de outubro, em particular, desempenha um papel crucial para culturas como soja, milho e arroz.

Sul e Sudeste: Nestas regiões, a primavera manifesta-se com temperaturas ascendentes. Embora ocorram pancadas de chuva ocasionais, é também nesta época que algumas massas de ar frio ainda podem ser sentidas. Em meio a essa condição, outubro destaca-se como um período promissor para o plantio de soja e milho, beneficiando-se da chegada das chuvas para a germinação.

Pantanal e Centro-Oeste: O mês marca a transição da estação seca para a chuvosa. A elevação de temperatura e o aumento das chuvas no final de outubro indicam um sinal verde para os agricultores iniciarem o plantio, especialmente da soja.

A Região formada pelo estado do Tocantins e partes dos estados do Maranhão, Piauí e Bahia (MATOPIBA): Enquanto o Tocantins vê um aumento nas chuvas, as demais áreas mantêm-se mais secas. Esta disparidade pode exigir um planejamento mais criterioso para cultivos na região.

Nordeste: O clima quente e a escassez de chuvas dominam. As áreas costeiras podem apresentar chuvas ocasionais, mas de forma irregular, requerendo estratégias específicas para o cultivo.

Norte (Região Amazônica): O período chuvoso é intenso, sobretudo no oeste. A alta precipitação pode ser tanto uma aliada quanto um desafio para os agricultores.

No cenário do milho, outubro é um marco para a primeira safra, especialmente nas regiões Sul e Sudeste. A adequada semeadura neste mês pode definir a produtividade da cultura.

Para o arroz, a chegada da estação chuvosa é essencial. Sobretudo nas zonas de várzea, onde a cultura é desenvolvida sob condições alagadas, outubro emerge como um mês estratégico para o plantio.

PREVISÃO OUTUBRO DE 2023

Em relação às temperaturas, todos os setores do Brasil devem ter marcas acima da média histórica. A projeção mostrada na sequência, é a combinação entre 14 diferentes prognósticos resumidos em uma única informação. Portanto a probabilidade para esta condição ocorrer é bastante elevada.

O destaque é direcionado para o norte do Brasil, onde os valores podem ficar até 2°C acima da média histórica. Outra preocupação será as áreas produtoras da região nordeste, que historicamente recebem menos chuvas neste período. Assim a combinação entre as elevadas temperaturas e a baixa umidade deve acelerar a perda de umidade do solo, diminuindo a disponibilidade hídrica para o pleno desenvolvimento das culturas.

Áreas do Centro-Oeste, Sudeste e Sul também devem ter um mês de outubro com marcas acima da média histórica. Isso deve acelerar o ciclo das lavouras e aumenta a pressão por pragas e doenças em alguns setores. 

Já o comportamento esperado para as chuvas, sinalizam um Outubro com características muito marcantes do fenômeno El Niño: precipitações acima da média na região Sul e abaixo da média na região Norte. 

O mês será excepcionalmente úmido no Rio Grande do Sul, seguindo de um setembro também muito úmido. A pressão é grande nas lavouras de trigo da região, sobretudo na incidência de doenças fúngicas. 

No estado do Mato Grosso, espera-se que as operações de semeadura transcorrem normalmente. Embora haja previsões de chuvas abaixo da média, as precipitações ainda devem ocorrer com certa frequência, embora de forma mais irregular.



•  

Agrolink
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.