Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
18/11/2023 08h31min - Mato Grosso do Sul
4 meses atrás

Segunda bebida mais consumida do mundo é ingrediente principal de curso gratuito do Senar/MS

Aroma, sabor e coloração do café saem da xícara e aparecem em pratos doces e salgados.

Foto divulgação ► 
Fonte: Fonte SENAR MS



Já pensou além de tomar um café, pode degustar um frango com café, uma linguiça, uma carne de porco, um macarrão ou que tal o famoso carreteiro com café? Pode parecer estranho no primeiro momento, mas o ingrediente tem aparecido cada vez mais em diferentes pratos salgados.

Essa combinação, tem ganhado cada vez mais apreciadores e estas e outras receitas fazem parte da programação do curso ‘Produção Artesanal de Derivados de Café’, oferecido gratuitamente pelo Senar/MS.

“Essa mistura ainda é muito nova, mas o resultado provoca curiosidade tanto para os fãs de café ou mesmo para quem não toma a bebida. Fato é que o sabor é indiscutível, o prato ganha uma coloração única e tenho certeza que todos que provarem vão querer mais”, explica a instrutora, Maria Cristina.

Grandes chefes já utilizam o café como ingrediente principal ou em destaque para alguns pratos. De acordo com a instrutora, esta é uma iguaria que deve estar cada vez mais presente nos cardápios. “A capacitação ensina novas possibilidades aos participantes que podem agregar valor aos seus produtos com o diferencial deste ingrediente, tanto em feiras como em estabelecimentos comerciais. Uma opção de melhorar a fonte de renda”, acrescenta.

Café na sobremesaPara os que preferem os doces, a especiaria vai além da versão líquida preparada com grão ou café, algumas sobremesas ganham toque especial como o brownie e bombons, pavê, ou o chamado cold brew, que é a versão da bebida gelada.

“Deixamos o café em contato com a água durante, pelo menos, 18 horas na geladeira. Depois ele é coado e teremos um café com menos cafeína, já que não teve contato com altas temperaturas. Combina com frutas vermelhas, com limão siciliano, água com gás ou mesmo somente acompanhado de bastante gelo”, explica o instrutor do Senar/MS, Guilherme Horing.

PreçoO preço do café varia de acordo com o tipo do grão, mas a média de um café de qualidade é R$ 200 o quilo. “Estamos falando de um produto que rende muito. Cada litro de água utiliza 66 gramas de café. Para culinária os mais recomendados são os especiais”.



•  

SENAR MS
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.