Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
17/11/2023 11h30min - Geral
3 meses atrás

Revolução nos combustíveis: conheça os diferentes tipos de biocombustíveis


Foto divulgação ► 
Fonte: Fonte Agrolink



A indústria de combustíveis brasileira está passando por uma revolução, com o desenvolvimento e adoção de diversos tipos de biocombustíveis e avanços na produção petroquímica. Conheça as principais categorias de combustíveis e as últimas novidades no setor.

Tipos de Combustíveis: uma nova era na mobilidade sustentável

Diesel R:

Resulta do coprocessamento do diesel petrolífero com óleo de soja, proporcionando um diesel com um percentual de combustível renovável.A Petrobras lidera a produção, incorporando 5% de óleo de soja.

Biodiesel:

Resulta da reação química de óleos vegetais, gorduras animais ou óleos de frituras com metanol, gerando metil éster (Biodiesel) e glicerina.Considerado um combustível renovável, não exige modificações em motores diesel.

HVO (Hidrotreated Vegetable Oil):

Produzido por hidrotratamento, envolve a reação de óleos vegetais, gorduras animais ou óleos de frituras com gás hidrogênio, resultando em um líquido semelhante ao diesel fóssil.

Não totalmente verde devido à necessidade de insumos fósseis (hidrogênio).

SAF (Sustainable Aviation Fuel):

Mistura de combustível de aviação convencional com combustível sustentável.Produzido por hidrotratamento, os combustíveis sustentáveis de aviação possuem uma pegada de carbono até 80% menor em comparação ao querosene fóssil.Tipos de Biocombustíveis: Rumo a uma Energia Mais Limpa

Diesel A:

Óleo diesel produzido a partir do petróleo nas refinarias.100% petróleo.

Diesel B:

Óleo diesel contendo biodiesel (por exemplo, B12 = 12% de biodiesel no diesel).

Diesel R:

Óleo diesel com uma parcela de diesel verde, resultado do coprocessamento de óleo diesel mineral com óleo vegetal.

Biodiesel:

Combustível 100% renovável produzido a partir de óleos vegetais, gorduras animais ou óleos de frituras.Misturado ao diesel fóssil, conforme regulamentações.HVO:

Combustível avançado produzido a partir de óleos vegetais, gorduras animais ou óleos de frituras, projetado para substituir o diesel fóssil em motores a diesel convencionais.

SAF:

Combustível avançado para uso em aeronaves, produzido a partir de óleos vegetais, gorduras animais ou óleos de frituras, com padrões de qualidade rigorosos para a segurança da aviação.

Observação:

Drop-in: Combustíveis drop-in são bio-hidrocarbonetos líquidos com funcionalidades equivalentes aos combustíveis fósseis, totalmente compatíveis com a infraestrutura de petróleo existente.

Novidades nas refinarias brasileiras: inovação e investimento

Refinaria Riograndense de Rio Grande (RPR):

Realizará o processamento de óleo de soja para obter produtos petroquímicos.Testes conduzidos com tecnologia do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento (Cenpes) da Petrobras.Investimento inicial de R$ 45 milhões.

Refinaria Landulfo Alves - Bahia (Acelen - Grupo Mubadala):

Planeja investir R$ 12 bilhões em biocombustíveis nos próximos 10 anos.Acelen contribuirá significativamente para o avanço do setor, promovendo inovações e sustentabilidade.

As informações foram compiladas por Célio Veirich.



•  

Agrolink
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.