Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
12/09/2023 17h00min - Cidades
6 meses atrás

Respirando história, Corumbá ganha concurso de fotografias

Concurso celebra 30 anos de tombamento do Conjunto Histórico, Arquitetônico e Paisagístico da cidade

Foto divulgação: GrandeFM ► 
Fonte: Fonte Campo Grande News



Em uma retomada de atividades que valorizam o cenário nacional, o Iphan (Instituto Histórico e Artístico Nacional) de Mato Grosso do Sul lançou o primeiro concurso de fotografias promovido pelo Governo Federal voltado para a região de Corumbá. Respirando cultura e história, a região comemora em 2023 os 30 anos do tombamento do Conjunto Histórico, Arquitetônico e Paisagístico. 

Contextualizando a importância de uma premiação em Mato Grosso do Sul, o superintendente do Iphan no Estado, João Santos explica que Corumbá preserva em suas ruas uma amostra do potencial arquitetônico e cultural presente em solo sul-mato-grossense.

“Esse ano de 2023 comemoramos 30 anos do conjunto do Casario do Porto de Corumbá. Ele é uma amostra do momento áureo do porto de Corumbá, da ocupação da cidade e do antigo Mato Grosso”, diz o representante do instituto.

Sobre o cenário arquitetônico, João comenta que as construções reúnem exemplares que vão desde desde o ecletismo, art-déco e até alguns prédios modernistas em seu entorno. “A riqueza arquitetônica do Casario do Porto, da área de entorno do tombamento de Corumbá é uma expressão e pequena mostra da qualidade arquitetônica e histórica de Mato Grosso do Sul. Corumbá, Ladário e região respiram arquitetura, história e a memória de Mato Grosso do Sul”.

Mas, para além do conjunto arquitetônico, o superintendente detalha que o concurso irá valorizar outros âmbitos da cidade. Isso porque as fotografias poderão abarcar toda a temática relacionada a manifestações culturais como festas, lugares, celebrações, modos de fazer, modos de criar, espaços e lugares de memória presentes na região.

“É um momento de festa e de reconhecimento da capital do Pantanal, de Corumbá, nossa capital cultural do Estado, onde temos acervo arquitetônico riquíssimo que é tombado pelo Iphan desde 1993. Várias manifestações culturais imateriais estão presentes na região de Corumbá e de Ladário como banho de São João, a manifestação da viola de cocho, suas referências culturais como Siriri e Cururu; a capoeira, o ofício dos mestres de capoeira, que em Corumbá é referência”, completa João. 

Sobre o concurso

Lançado pelo Ministério da Cultura através do Iphan de Mato Grosso do Sul, o Prêmio Fadah Scaff Gattas irá selecionar fotografias do Patrimônio Cultural de Corumbá e região. Todas as inscrições são gratuitas e devem ser realizadas através deste link até o dia 10 de outubro. 

Ao todo, a premiação possui duas modalidades, sendo de fotografia individual e de ensaio fotográfico. Em ambos os casos, as categorias são: celebrações, formas de expressão, lugares, objetos e edifícios, além de saberes.

Os vencedores terão suas fotografias incorporadas ao acervo do Iphan. Quem ficar em primeiro lugar irá receber um voucher de hospedagem com passeio de barco com direito a acompanhante, o 2º e 3º vencedores ganham passeio com almoço também com acompanhante. Já os 4º e 5º lugares levam um passeio no pôr do Sol.

Em relação à avaliação, a primeira fase será de checagem das fotografias e, depois, cinco membros da comissão de seleção irão analisar os materiais e eleger as melhores fotografias.

Para participar, é necessário ser brasileiro nato, naturalizado ou um estrangeiro que more no Brasil. 

Mais informações podem ser conferidas no edital clicando aqui. 



•  

Campo Grande News
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.