Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
10/10/2023 17h00min - Mato Grosso do Sul
5 meses atrás

Programa de preservação da fauna de MS, Estrada Viva terá sede própria em Bonito


Imagem Arte: Agesul ► 
Fonte: Fonte Governo Mato Grosso do Sul/Secom



Voltado às ações de redução de acidentes com animais silvestres nas rodovias estaduais de Mato Grosso do Sul, o programa Estrada Viva terá sede própria em Bonito. O projeto arquitetônico do prédio já foi aprovado pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) e pela Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística) e em breve será publicada em Diário Oficial a licitação para selecionar a empresa que vai executar a obra.

O edifício sede do Estrada Viva terá 255 m² e será construído em um terreno da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), localizado na esquina da Rua das Flores com a Rua Dr. Conrado, no centro de Bonito. A construção está orçada em R$ 1,1 milhão.

Segundo o gerente de projetos e orçamentos civis da Agesul, Adanilto Faustino, a edificação existente no local será demolida para dar espaço a um ambiente dividido da seguinte forma: recepção; banheiros masculino e feminino acessíveis; três escritórios de atendimento do Estrada Viva; dois escritórios para uso da Agraer; uma sala de reuniões; um depósito de materiais de limpeza; uma copa; um refeitório; alojamentos masculino e feminino; e garagem.

“Além disso, terá estacionamento, paisagismo e calçamento. O projeto almeja a construção de um edifício moderno, funcional e com medidas de sustentabilidade e tecnologias integradas”, disse o gerente.

Para o diretor de Meio Ambiente da Agesul, Ednilson Lopes, a edificação eleva o programa Estrada Viva a um novo patamar.

“Esta base para o programa Estrada Viva em Bonito é uma grande conquista, simbolizando avanço para gestão e crescimento do programa, reforçando essa identidade de foco na proteção dos motoristas e animais na região com a maior biodiversidade do Estado. Desta forma, fortalecemos e modernizamos as ações do programa na região de Bonito, nos colocando mais próximos dos problemas com relação à proteção dos motoristas e da fauna local”, destacou o diretor.

O programa

O Estrada Viva monitora 19 trechos de 16 rodovias de Mato Grosso do Sul, a maioria delas em municípios da Serra da Bodoquena. Entre elas, a MS-382, que liga Bonito a Guia Lopes, e a MS-345, que integra Bonito a Anastácio.

Através do programa, técnicos monitoram os trechos com maior incidência de atropelamento de animais e propõem medidas para redução das colisões, como a instalação de placas lúdicas, passagens inferiores/superiores de fauna, cercamento e redutores de velocidade.

Também entre as ações do programa destacam-se a limpeza e a roçada das faixas de domínio das rodovias estaduais. Só no de 2022, por exemplo, a Agesul investiu aproximadamente R$ 4 milhões neste tipo de manutenção em toda a malha rodoviária estadual.

Estes serviços visam o corte de vegetação de pequeno e médio porte, bem como a remoção de árvores isoladas na faixa de domínio, melhorando a visibilidade e segurança dos motoristas e animais.



•  

Governo Mato Grosso do Sul/Secom
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.