Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
15/12/2023 12h00min - Dourados
2 meses atrás

Produtores de Dourados conhecem boas práticas agrícolas e apícolas para safras futuras.


 ► 
Fonte: Fonte Grande FM



Produtores rurais de Dourados, liderados pela diretoria do Sindicato Rural de Dourados, conheceram uma prévia de pesquisa desenvolvida pela Embrapa e a empresa química alemã Basf, de desenvolvimento de um modelo tecnológico de boas práticas agrícolas e apícolas para as próximas safras. O projeto está em fase final e tem como objetivo incentivar a convivência harmônica entre sojicultores e apicultores, em defesa de sistemas de produção mais sustentáveis.

O presidente do Sindicato Rural de Dourados, Angelo Ximenes, que é engenheiro agrônomo, produtor e consultor, destaca que o modelo tecnológico irá implementar sistemas de produção agrícola mais sustentáveis, especialmente no tocante ao uso de medidas fitossanitárias e de boas práticas apícolas, gerando recomendações básicas aplicadas à realidade do campo.

A pesquisa vem sendo desenvolvida em importantes regiões produtoras no país, como Dourados. O pesquisador da Embrapa Soja, Décio Gazzoni é quem coordena os trabalhos. Em Dourados, o pesquisador e professor Crébio José Ávila está responsável pelas atividades práticas que estão sendo conduzidas diretamente nas propriedades rurais.

Segundo ele, os levantamentos já identificaram várias espécies de abelhas visitantes na cultura da soja, dentre elas, a apis, produtora de mel. 

O projeto prossegue com a pesquisa até meados de março de 2024, quando será apresentado o resultado final em evento para a classe produtora, pesquisadores e estudantes. A proposta é promover uma boa convivência entre sojicultor e apicultor, de forma que os dois tenham ganho. Devido ao registro de mortandade de abelhas por pesticida, as boas práticas virão para garantir melhores técnicas a serem adotadas.



•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.