Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
30/08/2023 18h30min - Geral
6 meses atrás

Produtores de azeite de oliva premium são reconhecidos na Expointer 2023

“É um momento de celebração e de valorização de toda a cadeia

Foto reprodução ► 
Fonte: Fonte Agrolink



A entrega oficial dos certificados de Produto Premium Origem e Qualidade RS 2023 ocorreu nesta terça-feira (29/8), no palco do RS Innovation Agro, na 46ª Expointer, em Esteio. Neste ano, 101 tipos de azeite de oliva extravirgem de 34 produtores do Estado foram aprovados no processo de avaliação conduzido pela Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sict) em parceria com o Instituto Brasileiro de Olivicultura (Ibraoliva).

“É um momento de celebração e de valorização de toda a cadeia que vem trabalhando há anos para entregar um produto de excelência”, afirmou a titular da Sict, Simone Stülp. A secretária explicou como diversos pontos do planejamento estratégico da pasta para o ciclo 2023-2026 vão ao encontro das demandas da olivicultura. “A inovação na educação está relacionada à formação de pessoas qualificadas para trabalhar nos diferentes setores. A competitividade em áreas estratégicas inclui o agronegócio, e a sustentabilidade faz parte da olivicultura. A conexão entre os atores do ecossistema pode beneficiar a todos”, disse.

O presidente do Ibraoliva, Renato Fernandes, contou que, no Estado, a olivicultura foi resgatada no final da década de 1990 – e, desde então, alcançou notoriedade em nível nacional. “Temos que comemorar nossa luta para buscar um produto verdadeiro e de alta qualidade. Antes, recebíamos azeites de outra categoria vindos do exterior. Hoje, nosso azeite é premiado e selado”, comemorou.

De acordo com dados do Ibraoliva, o RS responde por 75% da produção nacional de azeite. Em 2023, mais de 500 mil litros de azeite foram produzidos no Estado.

Também estiveram presentes na cerimônia o vice-presidente do Ibraoliva, Flávio Obino Filho, e a coordenadora de Ambientes de Inovação do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), Isabel Regina Carneiro. O Laboratório Federal de Defesa Agropecuária (LFDA), do Mapa, foi parceiro da iniciativa na realização dos painéis sensoriais para avaliação dos azeites.

Sobre o selo premium

O objetivo da iniciativa, capitaneada pelo programa Produtos Premium, da Sict, é destacar a inovação em cadeias tradicionais do Estado, como o setor agroalimentar, e agregar valor aos produtos. Para receberem o selo, as marcas passaram por um rigoroso processo de avaliação, que inclui análises físico-químicas e sensoriais, realizadas entre maio e junho deste ano. Esta é a segunda edição do selo do azeite de oliva extravirgem.

O programa Produtos Premium também chancela o setor da carne e está lançando, na Expointer, selos para a ovinocultura e para a cachaça. A ideia é trazer mais credibilidade, agregar valor e reconhecer setores essenciais à economia e à cultura gaúchas.



•  

Agrolink
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.