Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
23/10/2023 14h30min - Dourados
4 meses atrás

Prefeitura capacita mulheres para o mercado de trabalho e o empreendedorismo

Parceria com o Sebrae faz parte do programa Cidade Empreendedora e vai atender 30 mulheres em situação de vulnerabilidade econômica, encaminhadas pelos Cras

Assecom ► 
Fonte: Fonte Prefeitura Municipal de Dourados



A Prefeitura de Dourados, através da Semas – Secretaria Municipal de Assistência Social, e do Sebrae, iniciou as atividades do Cidade Inclusiva – Metodologia Três Fases. Esse é um eixo do programa Cidade Empreendedora, que vai capacitar e encaminhar mulheres para o empreendedorismo.

O Cidade Empreendedora é um programa do Sebrae, criado para transformar a realidade do município e a Prefeitura de Dourados participa do segundo ciclo do programa, o Expansão, onde são escolhidas modalidades para serem desenvolvidas. Dessa vez a modalidade foi a Cidade Inclusiva.

“O Prefeito, dentro dos eixos disponíveis, escolheu a temática da Inclusão Produtiva, onde foram selecionadas, através do Cras (Centro de Referências de Assistência Social), 30 mulheres para participar da Metodologia Três Fases, que trabalham o desenvolvimento humano e autoconhecimento, a capacitação nas áreas de interesse ou de aptidão e, por fim, o encaminhamento para o mercado de trabalho e o empreendedorismo, com a doação de kits para iniciarem seus projetos”, explica Idete Boschetti, agente de inclusão produtiva.

Além da Prefeitura e Sebrae, o Sicredi e a Aced são parceiros no projeto e na aquisição dos kits que serão disponibilizados para as participantes ao fim da capacitação.

Nilza Jesus dos Anjos Santana, diretora da proteção social básica, ressalta a importância da iniciativa que ainda completa os trabalhos desenvolvidos pela Semas.

“Essa é uma iniciativa muito importante do Prefeito Alan Guedes, de trazer, dentro da proposta do Cidade Empreendedora, esse eixo da Inclusão Produtiva porque ele capacita e qualifica as mulheres atendidas por nossos serviços, muitas delas, vítimas de violência, mulheres em situação de vulnerabilidade, também aquelas que são as provedoras do lar, ou simplesmente que buscam uma nova forma de completar a renda da casa”, disse.

Segundo o Sebrae, o eixo da Inclusão Produtiva é a inserção de pessoas em situação de vulnerabilidade econômica e social no mercado de trabalho, seja via emprego formal ou empreendedorismo. Oferecendo capacitação e ferramentas para que elas possam gerar sua própria renda de maneira digna e estável e, assim, superar processos crônicos de exclusão social.



•  

Prefeitura Municipal de Dourados
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.