Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
30/04/2024 14h00min - Geral
4 semanas atrás

Prédio pode ser desmontado e reconstruído sem muito esforço

Prédio vencedor de importante prêmio de arquitetura fica em um campus na Alemanha

Imagem reprodução: Gustav-Duas ► 
Fonte: Fonte Grande FM



A arquitetura tem achado novas formas de acomodar as necessidades do público, mas um novo edifício levou esse objetivo além. Vencedor do Prêmio Europeu de Arquitetura Contemporânea em 2024, um prédio modular projetado para servir como centro estudantil em uma universidade na Alemanha pode ser desmontado e remontado do zero sem muito esforço.

O objetivo inicial é atender às demandas dos estudantes, mas também é possível recriar a planta baixa para, basicamente, qualquer finalidade.

 Prédio modular

O projeto é de autoria de Gustav Düsing e Max Hacke, e foi construído na Universidade Técnica de Braunschweig, na Alemanha.

Batizado de “Pavilhão de Estudos”, o projeto fica no campus da universidade, como um espaço aberto pensado para acomodar diversas atividades. Por meio de um design modular, é possível reconfigurar a planta baixa do prédio para atender diferentes necessidades.

Na parte da construção, o edifício é feito de estruturas e vigas de aço com plataformas de madeira totalmente desmontáveis. São estruturas semelhantes a “grelhas”, com 3×3 metros na parte superior e 10×10 metros na fundação vertical. Os tabuleiros de madeira são inseridos nesses espaços, sem solda ou cola, o que permite a desmontagem.

Por ser desmontável, a estrutura, além de adaptável, pode ser reciclada ou reconstruída em uma nova configuração em outro lugar. Outra vantagem é que, como os materiais e módulos de construção são simples, podem ser fabricados rapidamente.

Segundo os próprios autores, a intenção do projeto é dar “respostas sobre qual pode ser o papel do campus universitário no futuro, quando palestras e apresentações ocorrerem no domínio digital e a IA desafia os modelos clássicos de aprendizagem.

Outras vantagens do prédio

No entanto, não fica por aí.

Como imaginou o New Atlas, a proposta do prédio pode ser alterada para servir a, basicamente, qualquer princípio.

Pela facilidade de obtenção dos materiais e agilidade na construção, o projeto pode ir de um centro estudantil para uma instalação de primeiros socorros em caso de acidentes, ou abrigos temporários.

Prêmio

O projeto foi vencedor do Prêmio Europeu de Arquitetura Contemporânea em 2024, na categoria Arquitetura e Emergência, concedido em anos alternados (a premiação existe desde 1988);

O “Pavilhão de Estudos” foi premiado por “sua capacidade de desafiar as restrições e imagens de sustentabilidade, criando um ambiente acolhedor e lúdico para estudo, colaboração e reunião comunitária através de uma estrutura intransigente e cuidadosamente detalhada”;

A cerimônia oficial da premiação acontece em 14 de maio.



•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.