Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
14/03/2024 16h30min - Mobilidade Urbana - Tecnologia
1 mês atrás

Por dentro (e fora) do carro voador da Embraer


Imagem divulgação ► 
Fonte: Fonte Grande FM



A consulta pública promovida pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) sobre a aeronavegabilidade do “carro voador” EVE-100 se encerra nesta sexta-feira (15). Nesta consulta, o órgão vai obter comentários e sugestões de especialistas sobre: equipamentos, estruturas da aeronave, design e construção, interface da tripulação de voo, performance de voo e usina de energia.

Raio-x do ‘carro voador’ da Embraer

O “carro voador” da Embraer é um modelo do tipo “lift+cruise”. Isso significa que a aeronave tem rotores para deslocamento vertical e asas para deslocamento horizontal. Com fabricação em Taubaté (SP), os primeiros EVE-100 estão previstos para serem entregues em 2026. Até o momento, 2.850 modelos foram encomendados, segundo o Índice de Realidade de Mobilidade Aérea Avançada, da SMG Consulting (via Nexo Jornal).

O “carro voador” será capaz de transportar até quatro pessoas além do piloto – ou cinco pessoas, se o piloto automático (ainda não certificado) estiver ativado. Os trajetos serão desenhados a partir de rotas pré-definidas. E os pousos e decolagens ocorrerão em aeroportos e ventiportos (helipontos para aeronaves elétricas).

O EVE-100 tem oito hélices e um motor elétrico, com autonomia de 100 quilômetros; o "carro voador" poderá ser usado para táxi aéreo urbano.

Os primeiros testes de voo, previstos começarem em 2024, vão acontecer em três cidades brasileiras e uma estadunidense. São elas: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS) e São Francisco.



•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.