Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
21/09/2023 11h30min - Agricultura
9 meses atrás

Plantio de soja à vista: dicas para maximizar sua colheita

Dicas importantes para ter um excelente resultado na colheita

Foto reprodução ► 
Fonte: Fonte Agrolink



Dentro de algumas semanas, milhares de agricultores estarão nos campos, dando início ao plantio da soja. De acordo com um levantamento da Conab divulgado no início de agosto de 2023, está previsto o plantio em cerca de 17 milhões de hectares no país, com uma expectativa de colheita de 165,3 milhões de toneladas. No entanto, para que esse resultado seja alcançado conforme o planejado, é essencial prestar atenção a todos os detalhes da preparação do plantio, desde a avaliação das condições do solo até a verificação dos equipamentos em conformidade com as recomendações do fabricante. Caso contrário, perdas podem ocorrer em algum momento dessa atividade.

Divania de Lima, pesquisadora da Embrapa Soja, destaca a importância de considerar diversos fatores no plantio,“quando pensamos no plantio, temos de considerar uma série de fatores. O primeiro é uma umidade do solo adequada, assim como máquinas bem reguladas, a cultivar ideal para a região e época e todas as técnicas recomendadas”. Ela acrescenta que a escolha da cultivar é de grande importância e faz parte do planejamento, pois o produtor precisa organizar o processo para todo o ano. “Dependendo do que ele vai plantar depois da soja é o que influencia na cultivar da oleaginosa”, explica Lima.

A pesquisadora também enfatiza a importância das boas práticas de plantio, como a remoção de resíduos de culturas anteriores, a definição da profundidade do sulco, o cálculo da densidade populacional de sementes e o ajuste da velocidade do maquinário. João Santos, supervisor de marketing e produto da J.Assy, destaca que o momento do plantio é crítico, pois os resultados na colheita e o potencial produtivo da lavoura dependem muito dele.

Santos ressalta que a produtividade da cultura é fortemente influenciada pelo estado da plantadeira (semeadora), que deve estar com a manutenção preventiva em dia. Isso inclui discos de corte e molas de pressão em bom estado, dosadores de adubo e sementes regulados e revisados, sistemas de regulagem de profundidade sem desgastes, buchas de linhas sem folgas, discos duplos de semente sem desgaste excessivo e rodas fechadoras de sulco com molas em bom estado de compressão, pois a conclusão adequada do sulco de plantio está diretamente relacionada à uniformidade da emergência das plantas.

Além desses detalhes, o nível de tecnologia da plantadeira desempenha um papel crucial, pois semeadoras que possuem dosadores de sementes avançados, como as linhas de dosadores da J. Assy (Selenium Elétric, Titanium Elétric, Titanium, Selenium PRO), conseguem reduzir a ocorrência de sementes duplas e falhas na lavoura, aumentando significativamente a produtividade e reduzindo os custos da operação.

Outro fator importante é a deposição precisa do adubo, para o qual é fundamental que o produtor tenha dosadores de fertilizantes que proporcionem uma dosagem consistente, sem variações no fluxo em relação ao esperado. Isso permite que a cultura aproveite ao máximo a adubação disponível e promove um desenvolvimento saudável das plantas ao longo da safra. Santos conclui: "Acredito que, ao seguir esses cuidados básicos, o produtor colherá de forma altamente satisfatória ao final do ciclo."



•  

Agrolink
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.