Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
13/12/2023 09h00min - Esporte
2 meses atrás

Paris 2024: Entenda a polêmica que envolve a Confederação Brasileira de Skate

Recentemente, surgiram boatos de que a CBSk deixaria de ser a responsável pelo esporte no Brasil, o que gerou insatisfação entre atletas e organizadores

Reprodução/Instagram @rayssalealsk8 ► 
Fonte: Fonte TV Cultura / UOL



Skatistas brasileiros se mobilizaram nesta terça-feira (12) juntamente com a Confederação Brasileira de Skate (CBSK) para demonstrar insatisfação com possíveis decisões da World Skate, que gere a relação da modalidade com o Comitê Olímpico Internacional (COI).

Recentemente, surgiram boatos de que a CBSk deixaria de ser a responsável pelo esporte no Brasil e que a organização do skate passaria para as mãos da Confederação Brasileira de Hóquei e Patins (CBHP), que cuida da maioria dos esportes sobre rodas.

O motivo da mudança seria porque a World Skate não quer que duas confederações respondam pela mesma modalidade no país. Nas redes sociais, importantes nomes do skate brasileiro se manifestaram sobre a possibilidade da CBSk perder o comando do esporte no Brasil.

“De novo sofrendo ataque de uma Confederação que não tem nada a ver com skate, querendo dominar, querendo tomar posse do skate. O skate é dos skatistas”, declarou Eduardo Dias, vice-presidente da entidade.

“Hoje acontece um ataque à independência do skate, onde simplesmente querem colocar uma federação que não fez sequer um evento de skate e tirar a Confederação Brasileira de Skate, que há 24 anos vem defendendo a bandeira, vem fomentando o esporte e trazendo a cultura muito forte do skateboarding brasileiro, com excelentes resultados”, completou Eduardo Musa, presidente da CBSk.

Rayssa Leal e Pedro Barros, grandes nomes da modalidade no país, também demonstraram ser contra a mudança e manifestaram apoio à confederação.

“Não faz sentido para a gente ter outra federação para cuidar da nossa modalidade”, declarou Fadinha em sua conta no Instagram.

Pedro, por sua vez, escreveu que "deixar que o patins comece tomar conta do skate por desentendimentos com um membro dessa família como a cbsk chega a ser infantil".



•  

TV Cultura / UOL
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.