Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
04/11/2023 12h00min - Agricultura
4 meses atrás

Nova variedade de pessegueiro é desenvolvida

O pomar apresenta baixa incidência dos fungos e doenças que atingem a cultura

Pixabay ► 
Fonte: Fonte Agrolink



Pesquisadores anunciaram recentemente o desenvolvimento bem-sucedido de uma nova variedade de pessegueiro, chamada BRS Sarau, capaz de fornecer colheitas após o período da safra, preenchendo uma lacuna de fornecimento no mercado de frutas. Esta cultivar, desenvolvida pela Embrapa, é especialmente indicada para consumo in natura, oferecendo alta qualidade, firmeza de polpa, sabor doce e baixa acidez.

Com uma produtividade estimada em 20 toneladas por hectare, o BRS Sarau foi projetado para ser cultivado nas Regiões Sul e Sudeste do Brasil, áreas tradicionalmente conhecidas por sua produção de frutas de mesa. A variedade inicia a maturação dos frutos cerca de dez dias após uma cultivar mais comum na região de Pelotas (RS). Embora os frutos sejam preferencialmente menores, eles compensam em sabor, tornando-os uma escolha para prolongar a colheita e oferecer frutas de qualidade aos consumidores.

“A cultivar BRS Sarau tem como meta ocupar 3% da área plantada nacionalmente com pêssego de mesa, quando consolidada no mercado, após cinco anos do lançamento”, estima o pesquisador Elbio Treicha Cardoso, responsável pelo acompanhamento nas negociações das tecnologias da Embrapa Clima Temperado (RS).

O BRS Sarau apresenta bom estado sanitário, com baixa incidência de doenças e fungos, embora seja suscetível à bacteriose em áreas expostas a ventos fortes, pois qual o uso de quebra-vento é recomendado.

apresentação oficial da cultivar está programada para ocorrer durante o 28º Congresso Brasileiro de Fruticultura, que será realizado de 6 a 10 de novembro no Centro de Eventos Fenadoce, em Pelotas (RS). A Embrapa está atualmente à procura de viveiristas específicos em reproduzir e vender o BRS Sarau aos fruticultores. No entanto, a nova fruta traz algum tempo até chegar às prateleiras dos mercados, pois a manifestação de interesse nos lotes deve ser feita por e-mail até às 17 horas de 17 de novembro de 2023, conforme comunicado de oferta nº 15/2023.

Com essa inovação, espera-se que a BRS Sarau não apenas atenda à demanda pós-safra, mas também substitua a antiga cultivar de pêssego Chiripá, oferecendo aos consumidores uma opção durante um período estendido do ano.



•  

Agrolink
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.