Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
25/04/2024 17h00min - Agricultura
2 meses atrás

Modelos sustentáveis da agricultura brasileira: um exemplo para o mundo


Grande FM 92,1 ► 
Fonte: Fonte Agrolink



A agricultura brasileira tem se destacado como referência em modelos sustentáveis de produção agrícola. Em uma entrevista com o engenheiro agrônomo João Pedro Cuthi Dias, foram discutidas as práticas e abordagens que posicionam o Brasil como um exemplo a seguir na redução de emissões de gases de efeito estufa e no sequestro de carbono.

Plantio direto: reduzindo emissões desde o solo

Um dos pilares dos modelos sustentáveis adotados no Brasil é o sistema de plantio direto. Este método substitui práticas tradicionais que exigem o revolvimento excessivo do solo, o que resulta em um maior consumo de diesel e, consequentemente, um aumento nas emissões de gases de efeito estufa. Com o plantio direto, as emissões são significativamente reduzidas, contribuindo para um ambiente mais saudável e sustentável.

Além disso, na produção de culturas como a soja, há uma redução drástica no uso de adubação nitrogenada sintética, optando-se por métodos biológicos. Essa escolha não apenas minimiza as emissões de óxido nitroso, um gás de efeito estufa altamente prejudicial, mas também preserva a saúde do solo a longo prazo.

Integração lavoura-pecuária: maximizando benefícios

Outra prática notável é a integração lavoura-pecuária, na qual diferentes culturas são cultivadas em rotação, aproveitando ao máximo os recursos e minimizando os impactos ambientais. Essa abordagem não apenas aumenta a eficiência produtiva, mas também contribui para a recuperação de pastagens degradadas, que por sua vez resulta em um significativo sequestro de carbono.

Recuperação de pastagens degradadas: transformando desafios em oportunidades

O Brasil possui milhões de hectares de pastagens degradadas, representando não apenas uma perda de produtividade, mas também uma fonte significativa de emissões de gases de efeito estufa. No entanto, através da recuperação dessas pastagens, seja através da introdução de espécies vegetais mais resistentes e produtivas, seja através da integração com culturas agrícolas, é possível transformar essas áreas em importantes sumidouros de carbono, ao mesmo tempo em que aumenta a produtividade e a sustentabilidade do sistema agropecuário.

A importância do solo vivo: um patrimônio a ser preservado

Um dos aspectos mais importantes dos modelos sustentáveis da agricultura brasileira é o reconhecimento do solo como um recurso valioso e vivo. Através da promoção de práticas que estimulam a saúde do solo, como o aumento da matéria orgânica e a preservação da biodiversidade microbiana, o Brasil está não apenas aumentando a produtividade agrícola, mas também sequestrando carbono de forma eficiente e restaurando ecossistemas degradados.



•  

Agrolink
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.