Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
10/04/2024 11h00min - Geral
2 meses atrás

Ministério atualiza o Celular Seguro para tornar o programa mais eficaz


Canva/Grande FM ► 
Fonte: Fonte Grande FM



O governo federal fez uma atualização no programa Celular Seguro. A partir de agora, ao se cadastrar, o usuário precisa informar apenas número do telefone, nome da operadora e marca do aparelho, simplificando o acesso. Não será mais necessário incluir o modelo do aparelho nem o IMEI. 

Além disso, o usuário tem até 15 dias para notificar perda ou roubo pelo aplicativo e pode escolher quais dados vão ser bloqueados no telefone. 

O serviço está disponível há três meses com o objetivo de inibir furtos e roubos de smartphones.

Na prática, o programa funciona como um botão de emergência que aciona a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as operadoras de telefonia e os bancos, de forma rápida, para impedir que os bandidos tenham acesso aos dados do aparelho.

Segundo o Ministério da Justiça, as mudanças foram implementadas a partir de demandas de usuários e parceiros. Nesse sentido, o sistema está mais simples e os alertas mais efetivos, ainda de acordo com a pasta.

Quem utiliza o programa por meio de aplicativos para Android e iPhone (IOS) precisará fazer a atualização para ter acesso à nova versão.

Também é possível acessar a ferramenta pelos navegadores de internet a partir do endereço: https://celularseguro.mj.gov.br/



•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.