Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
04/09/2023 11h00min - Agricultura
6 meses atrás

Milho só dá lucro para quem colhe muito?

“A concorrência brasileira no mercado de exportação é o fator mais forte de pressão"

Pixabay ► 
Fonte: Fonte Agrolink



Segundo o que acredita a TF Agroeconômica, os preços do milho, atualmente, só apresentam lucratividade para quem tem uma produtividade fora do comum. “Para os que tem produtividade ao redor de 80 sacas/hectare o prejuízo está ao redor de 27,99%, que é a diferença entre o preço médio de mercado de R$ 53/saca, atualmente pagos aos agricultores, com os custos de produção de R$ 73,60/saca, calculados pelo Deral”, comenta.

“Se tivessem sido aproveitadas as duas altas, ou mesmo fixado preço em Chicago entre setembro/22 e fevereiro de 23, haveria chance de empate com os custos ou um pequeno lucro”, completa a consultoria.

Nesse contexto, o Índice DXY favoreceu a moeda americana nesta sexta-feira e permitiu exportações maiores, na semana. “O índice DXY - termômetro do comportamento do dólar frente a moedas fortes - operava em alta firme no fim da tarde, ao redor de 104,200 pontos. Pela manhã, o Dollar Index recuou e tocou mínima aos 103,272 pontos com a divulgação do payroll”, indica.

“A concorrência brasileira no mercado de exportação é o fator mais forte de pressão sobre as cotações e impediu uma alta mais acentuada dos preços. A Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) disse nesta semana que o Brasil deve embarcar entre 9 milhões e 9,377 milhões de toneladas de  milho em agosto. A safra recorde no Brasil vem afetando a demanda pelo grão norte-americano”, informa.

Além disso, o clima no Meio-Oeste dos EUA ainda é motivo de preocupação. “Na semana passada, a publicação Pro Farmer divulgou estimativas que vieram abaixo dos números mais recentes do USDA, o que gerou essa expectativa. Alguns analistas, porém, ainda querem esperar para ver qual é o real impacto do tempo quente e seco sobre a safra”, conclui.



•  

Agrolink
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.