Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
18/05/2024 11h20min - Tecnologia
4 semanas atrás

Microcarro elétrico de um lugar pode ser solução para estacionar em grandes cidades


Imagem: Andrea Monicelli/Reprodução ► 
Fonte: Fonte Grande FM



Nas grandes cidades, carros grandes como os SUVs costumam transportar apenas um ocupante, ocupam espaço e ainda sofrem na hora de estacionar. Então, por que não dirigir um veículo de apenas um lugar, que se move mais facilmente nas ruas movimentadas e que ainda tem vaga garantida em quase qualquer lugar?

Foi isso que o designer de mobilidade italiano Andrea Mocellin e a consultoria de engenharia Dexet Technologies pensou na hora de construir o Zigy, um microcarro elétrico que promete ser “feito sob medida para o deslocamento urbano”.

Microcarro elétrico

O Zigy não é o primeiro microcarro elétrico no mercado, mas surgiu justamente com a proposta de facilitar o transporte nas metrópoles. A colaboração veio da observação de que, em Londres, os carros que percorriam as ruas mais congestionadas eram SUVs ocupados apenas pelo motorista.

Como é o Zigy

As especificações do microcarro elétrico podem mudar, já que o protótipo ainda não saiu do papel. Por ora, eis o que sabemos:

Ele é catalogado como um “quadriciclo elétrico monolugar” com 1,95 metros de comprimento, 1,59 metros entre-eixos, 1,1 metros de largura e 1,6 metros de altura;Com o coeficiente de arrasto em 0,35, a autonomia em relação a outros microcarros elétricos é melhorada em 25%;A estrutura deve ser composta de termoplástica modular, fibra de carbono reciclada e fibras naturais;O peso bruto será de 353 kg, com 30 litros de espaço no compartimento de bagagens (dá para sair para fazer compras com ele);O motor do Zigy tem 12 kW, com torque de 135 Nm e chega à velocidade máxima de 77 km/h. Isso dá cerca de 160 km de alcance;Segundo o New Atlas, as renderizações atuais mostram que o volante é em formato de guidão.O projeto está em fase de desenvolvimento e os parceiros buscam empresas da indústria automobilística dispostas a financiar os primeiros protótipos. De início, o propósito é o uso particular, mas, no futuro, pode ser que o “carrinho” seja empregado também em frotas ou operações comerciais.

*Informações - Olhar Digital



•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.