Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
02/08/2023 16h00min - Geral
7 meses atrás

Mato Grosso do Sul está em alerta para incêndios

Estado de Mato Grosso do Sul enfrenta um preocupante cenário de incêndios florestais

Foto divulgação ► 
Fonte: Fonte Agrolink



Em meio à temporada de seca, que ocorre principalmente de maio a setembro, o estado de Mato Grosso do Sul enfrenta um preocupante cenário de incêndios florestais. Com o risco de fogo considerado "crítico" em grande parte do estado, autoridades estão buscando soluções eficazes para prevenir e combater os incêndios que ameaçam biomas preciosos, como o Pantanal, o Cerrado e a Mata Atlântica.

A combinação de longos períodos sem chuva, baixa umidade e clima quente facilita o aumento das ocorrências de queimadas. No Cerrado, Agosto registra a segunda maior média mensal de queimadas durante o ano, e o mesmo acontece no Pantanal. Em ambos os biomas, Setembro apresenta a maior média de focos de calor entre todos os meses do ano. Pensando nisso, a startup brasileira iNeeds, com sede em São Paulo, apresenta um dispositivo inovador que pode auxiliar no combate a essas tragédias ambientais: o Detector de Incêndios Florestais.

Pedro Curcio, CEO da iNeeds, ressalta a importância das tecnologias disponíveis atualmente, "Já existem diversas tecnologias que funcionam através de IoT (Internet das Coisas), que fazem o uso de sensores e podem detectar os incêndios ainda em estágio inicial, na fase de combustão lenta".

Conforme informações divulgadas pela assessoria de imprensa, o Detector de Incêndios Florestais desenvolvido pela iNeeds monitora o microclima, medindo temperatura, umidade e pressão do ar. Além disso, integra a detecção de qualidade do ar e a identificação de gases, permitindo uma detecção precisa e confiável da presença de fogo e monóxido de carbono, entre outros gases, em níveis de partes por milhão (ppm). A inteligência artificial incorporada ao sensor é capaz de distinguir com precisão um incêndio real, evitando falsos positivos.

Luiz Sourient, CTO da iNeeds, explica que assim que o sensor identifica algum indício de fogo, ele envia automaticamente um aviso de alerta para o receptor localizado na sala de monitoramento da Defesa Civil do município, permitindo a rápida tomada de medidas para conter o incêndio.

Sourient destaca que o Detector de Incêndios Florestais é projetado para operar por longos períodos, exigindo apenas pequenas manutenções quando necessário. Além disso, o dispositivo utiliza energia limpa, alimentada por meio de um painel solar integrado.

Diante da gravidade da situação no estado, o Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul suspendeu as autorizações de "queima controlada" até o final deste ano, buscando conter o avanço dos incêndios.

A iNeeds oferece o Detector de Incêndios Florestais tanto para utilização em parceria com prefeituras e secretarias dos estados, assim como junto à Defesa Civil, quanto para áreas privadas, como sítios e fazendas. As encomendas podem ser realizadas diretamente com a empresa fornecedora, a iNeeds Systems.

Com a adoção de tecnologias inovadoras, a conscientização da população e a atuação conjunta de diversos órgãos, espera-se que seja possível prevenir e controlar os incêndios, protegendo os valiosos biomas de Mato Grosso do Sul e evitando tragédias ambientais.



•  

Agrolink
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.