Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
05/10/2023 11h30min - Agronegócio
8 meses atrás

Mato Grosso do Sul aumenta as exportações de produtos da agroindústria

Produtores contam com assistência do Agro.BR, programa do Senar/MS que auxilia as empresas na busca de novos parceiros internacionais.

Foto reprodução: Senar MS ► 
Fonte: Fonte SENAR MS



As exportações dos produtos da agroindústria de Mato Grosso do Sul registraram aumento nos últimos dez anos. 

A tilápia é um dos principais itens que tem agradado o mercado exterior. Segundo levantamento do Departamento Técnico do Sistema Famasul, em 2016 foram exportadas 203,8 toneladas do pescado, enquanto em 2022 foram comercializadas 828,1 toneladas do produto. Isso representa um aumento de 306%.

Outro produto sul-mato-grossense que registrou aumento expressivo nas exportações foi a fécula de mandioca. No ano passado, o volume comercializado foi de 23 mil toneladas contra 854,9 toneladas em 2012.  

Além dos produtos consolidados e vendidos além da fronteira, Mato Grosso do Sul conta com outros itens que já ganham o gosto de outros países. Em 2023, a empresa Tar & Tar, que tem sede em Campo Grande, realizou a primeira exportação. Um conjunto de temperos de sal de parrilha que será revendido nos Estados Unidos por um grupo de brasileiros. Quem esteve à frente dessa negociação foi o proprietário André Luiz Cavalcante e o sócio dele. Emocionado, ele conta que essa foi uma etapa importante para a empresa.

“A gente começou a acreditar mais no potencial do negócio porque exportação era um projeto muito distante da gente. No começo não acreditávamos, mas é possível e até que uma hora aconteceu”.

A Tar & Tar é especializada na produção de geleias e temperos para churrasco. Fundada em 2014, a empresa inovou e colocou no mercado produtos com a cara e gosto de Mato Grosso do Sul. Consolidada localmente, o objetivo agora é aumentar as exportações de outros produtos.

“Esse aqui foi o primeiro passo. Agora a gente sabe todos os passos, todo o processo, como funciona e a gente vai aprendendo. Por mais que cresça o volume, queremos manter a nossa produção artesanal, saber da fruta, sabor do insumo, isso que é o mais importante,” explica Cavalcante.

O fortalecimento das vendas além da fronteira é resultado do interesse do produtor em melhorar seus negócios e de assistências que chegam para fomentar esse trabalho. Um dessas ações é o O Agro.BR, um programa da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), Apex Brasil e Senar/MS e atua com foco na comercialização de produtos da agropecuária brasileira com potenciais compradores, além de fomentar a abertura de novos mercados no exterior. 

“A primeira coisa é levar essa cultura de exportação para as pessoas pensarem em outros países como oportunidade, e a segunda coisa que eu identifico como gargalo é o desconhecimento. Muitas vezes, o produtor acha mais fácil vender para outro estado do que exportar para outro país. Então a gente vem e mostra que é possível, assim como tem um processo para vender para o mercado interno, ele vai ter um processo para aprender sobre o mercado externo”, explica Nathalia Alves, consultora do Agro.BR em Mato Grosso do Sul.

Pensando na busca de novos mercados, o Agro.BR organizou uma comitiva de empresas atendidas pelo programa para participar da Expoalimentaria, uma das maiores feiras de alimentos da América Latina. O grupo é formado pela Tar & Tar, Zitrus-Superzen que produz mel; Doce conquista, que fabrica geleias a base de goiaba; Brazi na produção de doces; Fada Azul, que fabrica a flor fada azul desidratada de 9g e 45g; Vó Erminia, empresa especializada em farofas; e e Pirakua Pescados, que vende peixes. 

Durante o evento, os expositores tiveram reuniões com compradores internacionais, distribuidores, varejistas, grandes redes de supermercados da América do Sul e especialistas do setor.

*Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul - José Pereira



•  

SENAR MS
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.