Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
26/08/2023 11h00min - Geral
10 meses atrás

Jogadoras da Espanha dizem que não aceitarão convocações enquanto Rubiales permanecer no cargo

Jennifer Hermonso foi beijada a força na boca por Luis Rubiales durante cerimônia de premiação da Copa do Mundo

Foto reprodução: Instagram/@fifawomensworldcup ► 
Fonte: Fonte TV Cultura / UOL



A decisão de Luis Rubiales de não renunciar o cargo de presidente da Federação Espanhola de Futebol (RFEF)  vai ter um impacto grande no esporte. As 23 jogadoras campeãs do mundo assinaram um manifesto nesta sexta-feira (25) dizendo que não aceitarão novas convocações enquanto o dirigente permanecer no cargo.

O documento conta com assinaturas de outras jogadoras espanholas que não foram a Copa do Mundo. Mapi León, Patri Guijarro e Claudia Pina, que tiveram problemas com a comissão técnica, apoiam o movimento.

 "Depois de verem com perplexidade o discurso do presidente da RFEF, Luis Manuel Rubiales Bejár, as jogadoras da seleção principal querem manifestar seu apoio a Jennifer Hermoso e condenar de forma firme e contundente as condutas que atentaram contra a dignidade das mulheres", diz o comunicado.

Durante a cerimônia de premiação da Copa do Mundo Feminina, Jennifer Hermonso foi beijada a força na boca por Rubiales. Em sua defesa, o cartola afirmou não teve maldade e a ação foi "como dar um beijo em uma filha".

A jogadora rebateu a declaração, disse que nunca deu abertura para ação e criticou Rubiales.

"Quero esclarecer que, assim como dá pra ver nas imagens, eu não quis o beijo em nenhum momento, e é claro que não abracei e levantei o presidente. Não tolero que duvidem de minhas palavras, e menos ainda se inventarem palavras que eu disse", afirmou a camisa 10 da seleção espanhola.



•  

TV Cultura / UOL
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.