Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
27/07/2023 08h30min - Esporte
8 meses atrás

Holanda e EUA empatam em reedição da final da Copa de 2019

Roord abriu placar para europeias e Horan empatou para estadunidenses

Foto divulgação:Twetter/@FIFAWWC ► 
Fonte: Fonte Agência Brasil



Na reedição da final da última edição da Copa do Mundo, Holanda e Estados Unidos empataram em 1 a 1, na noite desta quarta-feira (26) no estádio Wellington Regional, na Nova Zelândia, e permanecem dividindo a liderança do Grupo E do Mundial de futebol feminino.

O confronto teve diferentes momentos. O primeiro foi de leve domínio das tetracampeãs mundiais, que começaram criando boas oportunidades. Logo aos 5 minutos Dunn deixou Alex Morgan em boa condição de marcar, mas a goleira foi mais rápida e conseguiu cortar a jogada. Três minutos depois foi a vez de Sophia Smith achar Savannah de Melo, que finalizou com perigo para fora.

Mas aos 15 quem chegou foi a Holanda, e as europeias mostraram eficiência para abrir o marcador. Martens achou Pelova, que rolou para Roord, que finalizou cruzado no canto do gol defendido pela goleira Naeher. Com a desvantagem no placar, as norte-americanas até tentaram a reação, mais na base da vontade do que da organização. Com isso, as europeias abusaram da troca de passes para segurarem o placar inalterado até o intervalo.

Em uma partida na qual encontrava dificuldades para chegar ao gol com a bola rolando, os EUA conseguiram empatar em jogada de bola parada. Aos 16 minutos da etapa final a bola foi levantada na área em cobrança de escanteio e Horan se adiantou à defesa para fazer de cabeça.

A partir daí o jogo entrou em outra fase, na qual a Holanda claramente sentiu o gol e permitiu que as norte-americanas assumissem o controle. E os EUA abusaram nas jogadas pelas pontas, onde Sophia Smith e Trinity Rodman levavam perigo.

E foi justamente pela ponta direita que Trinity Rodman ganhou da marcação aos 21 e tocou em profundidade para Alex Morgan, que teve apenas o trabalho de bater na saída da goleira Van Domselaar. Mas o lance foi anulado por causa de posição de impedimento da atacante dos EUA.

A seleção norte-americana continuou dominando até o apito final, mas a Holanda conseguiu segurar a igualdade até o final.



•  

Agência Brasil
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.