Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
25/06/2024 11h20min - Ciência
3 semanas atrás

Garrafa PET muito tempo exposta ao sol pode ser perigoso, alertam cientistas


Canva ► 
Fonte: Fonte Grande FM



O plástico é um dos materiais mais polêmicos atualmente. Em 2018, a ONU lançou uma campanha global de conscientização sobre a poluição plástica, apontando que este material pode levar mais de 400 anos para se decompor. Cerca de 8 milhões de toneladas de plástico são descartadas nos oceanos anualmente, resultando na morte de aproximadamente 100 mil animais marinhos por ano.

Embora algumas empresas tenham substituído canudos plásticos por opções de papel, isso ainda não é suficiente. Anualmente, cerca de 500 bilhões de sacolas plásticas são usadas e 1 milhão de garrafas plásticas são compradas por minuto no mundo.

Além do impacto ambiental, há crescentes preocupações de saúde devido à presença de microplásticos no corpo humano, até mesmo no cérebro. Um estudo recente por cientistas chineses alerta que deixar garrafas PET expostas ao sol pode ser perigoso.

Produtos Químicos Tóxicos

De acordo com este estudo, garrafas plásticas de água expostas à luz solar se degradam e liberam compostos orgânicos voláteis (COVs). Esses produtos químicos evaporam facilmente e são encontrados em muitos itens do cotidiano, como combustíveis, solventes, tintas e produtos de limpeza. Embora muitos COVs sejam inofensivos, alguns podem ter efeitos adversos à saúde a curto e longo prazo.

Os cientistas expuseram seis tipos de garrafas plásticas de água à luz ultravioleta-A e à luz solar, descobrindo que elas liberavam uma mistura complexa de COVs, incluindo alcanos, alcenos, aldeídos e ácidos. Todas as garrafas eram feitas de tereftalato de polietileno (PET), um dos plásticos mais comuns.

Riscos à Saúde

Embora um único gole de água contaminada seja pouco perigoso, a exposição prolongada pode representar um risco cumulativo à saúde. Os pesquisadores destacam a importância de informar os consumidores sobre esses riscos, especialmente em situações onde a água engarrafada fica exposta ao sol por longos períodos.

“Nossas descobertas fornecem evidências convincentes de que as garrafas plásticas, quando expostas à luz solar, podem liberar compostos tóxicos que representam riscos à saúde. Os consumidores precisam estar cientes desses riscos”, afirmou o Dr. Ou Huase, da Universidade de Jinan, na China.

O estudo aparece na revista Eco- Environment & Health. 

As informações são do IFL Science.



•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.