Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
22/09/2023 09h00min - Mato Grosso do Sul
6 meses atrás

Fiems participa do lançamento do Novo PAC em MS, que prevê R$ 29,1 bilhões em investimentos


Foto divulgação ► 
Fonte: Fonte Sistema FIEMS



A vice-presidente da Fiems, Cláudia Volpini, participou, nesta quinta-feira (21/09), da apresentação dos empreendimentos que integram a carteira do Novo PAC em Mato Grosso do Sul. O evento, realizado no auditório da UEMS, em Campo Grande, contou com a presença do ministro da Casa Civil do governo federal, Rui Costa, do governador do Estado, Eduardo Riedel, e demais autoridades e representantes de diversos setores da sociedade.

 Empresários e gestores públicos conheceram os principais investimentos que foram aprovados pelo governo federal para Mato Grosso do Sul e que vão receber recursos federais. Entre as principais obras, estão melhorias em rodovias, aeroportos e hidrovias, além de investimentos em geração de energia limpa e combustível de baixo carbono. Ao todo, serão investidos R$ 29,1 bilhões nos próximos quatro anos, sendo R$ 14,2 bilhões em ações exclusivas no Estado e R$ 14,9 bilhões em ações regionais.

 Na avaliação da vice-presidente da Fiems, as obras anunciadas no Novo PAC irão favorecer o crescimento econômico do segmento industrial no Estado. "Essa notícia vem ao encontro das nossas necessidades, muito embora não atenda todas elas, ao menos no primeiro momento. Vai facilitar os negócios e favorecer o escoamento da produção, tanto agrícola como industrial. Esse investimento em melhoria de estradas, portos e hidrovias é necessário para atender a demanda gigante das indústrias aqui no Estado", afirmou Cláudia.

 Durante o evento, o ministro Rui Costa, que é coordenador do Novo PAC, reforçou o compromisso da Petrobras com a retomada das obras da UFN-3 (Unidade de Fertilizantes Nitrogenados), em Três Lagoas. "Não podemos deixar inconclusa e vamos retomar essa obra. A retomada da produção de fertilizantes é fundamental para Mato Grosso do Sul e também para o país. Quem quer ser celeiro do mundo e líder em produção agrícola não pode ter apenas 20% da produção de seus fertilizantes nitrogenados no país. É preciso crescer esse percentual para a segurança econômica e estratégica do país", afirmou.

 Ao destacar a parceria entre a iniciativa privada e o poder público para dinamizar a economia, o governador Eduardo Riedel citou o exemplo da parceria com o Sistema S para qualificar motoristas profissionais para atender à demanda das empresas transportadoras de carga no Estado.

 "Por uma deficiência absoluta de motoristas profissionais de carga, temos uma demanda de mil profissionais por parte das empresas. Abrimos mil vagas para entregar a carteira de motorista D e E. Custava R$ 4,5 mil, o governo do Estado subsidiou e pagou. Foram capacitados pelo Sest. e a carteira será entregue junto com a carteira de trabalho", disse.

 Investimentos do Novo PAC para MS

 Obra importante para diminuir o fluxo viário de cargas e passageiros no perímetro urbano, o contorno da cidade de Três Lagoas foi inserido no Novo PAC. Ele deve ampliar a competitividade dos produtores de grãos e demais ramos do agronegócio da região, com a otimização do tráfego de caminhões. A obra já está em execução.

 Outra obra estratégica em rodovia é a adequação da BR-267, entre Alto Caracol e Porto Murtinho. Ela vai garantir o acesso até a cidade que vai ligar o Brasil ao Oceano Pacífico pela ponte sobre o Rio Paraguai, dentro da Rota Bioceânica. A ponte é financiada pelo lado paraguaio da Itaipu Binacional, dentro do plano de criação da Rota.

 Na área da produção de combustíveis de baixo carbono, está prevista a modernização da usina de Caarapó, para a produção de etanol de segunda geração. A Parceria Público-Privada (PPP) que deve tocar as obras está em estudos no Novo PAC. O etanol de segunda geração é produzido a partir dos resíduos do processo de fabricação do etanol comum e do açúcar.

 



•  

Sistema FIEMS
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.