Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
15/08/2023 12h00min - Mato Grosso do Sul
7 meses atrás

Empresas podem se unir para colocar ferrovia em funcionamento.


Foto reprodução: EPSEGOV ► 
Fonte: Fonte Grande FM



Há planos em andamento para a criação de um consórcio composto por grandes empresas visando à exploração da malha ferroviária Oeste, que percorre o território de Mato Grosso do Sul desde Três Lagoas até Corumbá. 

O consórcio poderá unir empresas de diferentes setores, incluindo a J&F Mineração e a Eldorado Celulose, ambas da holding J&F, assim como a Suzano e até distribuidoras de combustíveis do setor petroquímico que possuem depósitos em diversas localidades, como Campo Grande e Dourados. Conversas informais já aconteceram entre essas empresas para viabilizar essa iniciativa. 

A ferrovia, que possui uma extensão total de 1.973 quilômetros e conecta Corumbá a Mairinque (SP), também abrange um ramal que liga Campo Grande até Ponta Porã, passando por Maracaju e Dourados (Itahum). Atualmente, a concessão da ferrovia é controlada pela Rumo Logística. No entanto, a utilização da ferrovia é mais intensa em um trecho localizado no estado de São Paulo, entre as cidades de Mairinque e Bauru. Especula-se que a Rumo Logística possa integrar o consórcio que administrará a ferrovia, que se encontra na fase de seleção de uma nova concessionária. 

A formação desse consórcio entre as empresas busca otimizar o uso e a exploração da ferrovia Malha Oeste, beneficiando a logística de transporte de mercadorias de Mato Grosso do Sul para outras regiões do país.



•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.