Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
01/08/2023 10h33min - Geral
7 meses atrás

Embarcação com carga de soja brasileira é retida em porto argentino devido a tarifação ilegal na hidrovia


Foto reprodução: Canva/Grande FM ► 
Fonte: Fonte Grande FM



Uma embarcação de origem paraguaia, carregada com soja produzida em Mato Grosso do Sul, encontra-se parada em um porto argentino devido à falta de pagamento de pedágio na hidrovia Paraguai-Paraná.

Essa situação tem sido vista com desaprovação pela Comunidade Internacional e pelo secretário estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento, Jaime Verruck, pois a cobrança da tarifa é considerada ilegal em relação ao tratado de livre navegação. 

No último dia sexta-feira, foram retidas duas embarcações no Puerto de San Lorenzo, na província de Santa Fe, Argentina. Uma delas é o navio HB Phoenix, da Bolívia, e a outra é o HB Grus, do Paraguai, ambas as embarcações estão carregadas com mercadoria brasileira.

A decisão judicial do juizado argentino determinou o pagamento de uma tarifa no valor de 4.232 dólares. O Ministério de Relações Exteriores do Paraguai considera a medida argentina "injustificada" , por sua vez, o secretário Verruck relembrou que desde janeiro, quando a cobrança do pedágio começou a ser exigida, várias manifestações contrárias foram feitas por diversos órgãos.  Essa situação prejudica a comercialização da soja de Mato Grosso do Sul, que é o foco da atual embarcação, bem como a do minério, que sai de Corumbá e também utiliza a hidrovia Paraguai-Paraná. O secretário destacou que o assunto já está sendo tratado pelo Ministério de Relações Exteriores e reforçou a importância de respeitar o tratado da hidrovia.



•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.