Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
27/03/2024 15h00min - Ciência
3 semanas atrás

Eclipse Solar Total está deixando os EUA em alerta

Eclipse Solar Total está previsto para o início de abril e poderá ser visto de várias regiões da América do Norte

Imagem: Mathew Schwartz/Unsplash ► 
Fonte: Fonte Grande FM



Um Eclipse Solar Total é esperado para o mês de abril e poderá ser observado em boa parte da América do Norte. Ele não tem potencial para causar nenhum risco à saúde das pessoas, mas as autoridades dos Estados Unidos  já emitiram diversos alertas relacionados ao fenômeno.

O que está por trás de tantos alertas?

Apenas nos últimos dias, foi determinado o fechamento de todas as escolas do estado Texas, além de recomendado que a população estoque combustível, água e alimentos, inclusive para os animais de estimação.

O temor das autoridades não está relacionado ao eclipse em si, mas ao grande aumento do fluxo de turistas esperado para a data. Já houve alertas sobre a elevação da pressão sobre o serviços de transporte e de emergência.

Tudo isso porque algumas pequenas cidades devem triplicar de população e não têm estrutura para comportar tantas pessoas.

Torres de telefonia celular também podem ficar sobrecarregadas, afetando a qualidade do sinal e prejudicando as comunicações. As informações são do IFLScience.

O eclipse

No dia 8 de abril a Lua cobrirá o Sol num Eclipse Solar Total que poderá ser visto de várias regiões da América do Norte, possibilitando que milhões de pessoas observem o fenômeno, que resulta numa cobertura quase perfeita da estrela.Infelizmente, o evento não será visto no Brasil.O fenômeno é o mesmo que foi registrado em 2017, mas há algumas diferenças.No último evento do tipo, a Lua estava um pouco mais distante da Terra, assim a faixa onde o fenômeno pode ser observado em sua totalidade variava de 100 a 115 quilômetros de largura.No que acontece em abril, essa faixa irá variar de 170 a 200 quilômetros.O Eclipse Solar Total deste ano poderá ser visto por cidades e áreas mais densamente povoadas, permitindo que 31,6 milhões de pessoas assistam o fenômeno, em comparação com as 12 milhões de 2017.No eclipse de 2017, o período mais longo de sua totalidade aconteceu próximo a Carbondale, Illinois e durou de 2 minutos e 42 segundos.Em 2024, ele será mais longo próximo a Torreón, no México, durando cerca de 4 minutos e 26 segundos.Durações superiores a 4 minutos, no entanto, também acontecerão até próximo da fronteira do Canadá, quando o eclipse durará 3 minutos e 21 segundos.Outra diferença é que o ano de 2024 é mais próximo do máximo solar, onde a atividade da estrela é maior.Assim, quando a Lua cobrir o Sol, é bem provável que serpentes de fogo na coroa estelar, diferente da aparência mais simples de 2017.


•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.