Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
08/11/2023 16h30min - Dourados
4 meses atrás

Dourados registra recuperação fiscal e ganha destaque em levantamento nacional

Índice Firjan revela histórico de recuperação e compromisso com as contas públicas

Foto: Marcos Macedo/Prefeitura de Dourados ► 
Fonte: Fonte Prefeitura Municipal de Dourados



O município de Dourados segue em plena recuperação financeira, como aponta mais um levantamento nacional. Segundo o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), elaborado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), as finanças douradenses receberam nota 0.6543, maior que a média nacional, que é 0,625. 

A nota IFGF tem pontuação que varia de zero a um. O índice é composto pelos indicadores de “Autonomia”, “Gastos com Pessoal”, “Liquidez” e “Investimentos”. O resultado de Dourados é considerado bom, onde se encaixam municípios com notas entre 0,6 e 0,8. Nesta edição do estudo foram analisadas as contas de 5.240 municípios, com dados oficiais de 2022 – últimos disponíveis. A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) determina que até 30 de abril de cada ano as prefeituras devem encaminhar suas declarações referentes ao ano anterior à Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

O resultado mostra evolução constante de Dourados nos últimos anos. Em 2019, o município teve a nota 0,4676 e em 2020 de 0,5328, considerada apenas regular. O salto foi dado em 2021, quando a nota chegou a 0,6491, subindo a avaliação para Boa Gestão, mantida em 2022, com incremento na nota. 

Eficácia e Responsabilidade

A recuperação fiscal de um município é resultado de administração eficaz e responsável. Em Dourados, essa recuperação é evidente e foi buscada desde o início da gestão atual. Já no primeiro ano, o município alcançou a classificação CAPAG A do Tesouro Nacional, o que indica uma alta capacidade de pagamento, refletindo a saúde financeira do município, resultado repetido em 2022. “Essa classificação é uma conquista significativa, pois demonstra que Dourados está gerindo suas contas com excelência, honrando seus compromissos e planejando seu crescimento de maneira sustentável”, disse o prefeito Alan Guedes.

Para o resultado no Índice Firjan, Dourados conseguiu destaque em alguns quesitos, como “Autonomia Financeira”, com nota máxima, indicando uma Gestão de Excelência, com capacidade de financiar sua estrutura administrativa de forma independente. Em “Liquidez”, que analisa o cumprimento das obrigações financeiras, a nota foi 0,8172, também considerada de excelência. 

Já em “Gastos com Pessoal”, Dourados tem nota 0,6237, classificada por Boa Gestão, mantendo um equilíbrio saudável entre os gastos e a receita corrente líquida. Isso se soma ao comprometimento que a atual gestão tem mostrado com os funcionários públicos, realizando o pagamento adiantado dos salários. “Esse esforço que fazemos todos os meses não apenas motiva a equipe municipal, mas também injeta capital na economia local, estimulando o comércio e os serviços”, analisa Alan Guedes.

Para 2023, a expectativa é de uma nota ainda maior, já que o índice “Investimento”, ainda baixo, não contempla os investimentos que serão realizados com o programa Desenvolve Dourados no eixo do Fonplata, que certamente elevará essa nota. “O importante é que estamos no caminho certo, com a economia equilibrada e construindo pilares sólidos para que possamos manter nossa credibilidade e aumentar a capacidade de investimentos com o Desenvolve Dourados”, completa o secretário municipal de Fazenda, Rafael Sabino.



•  

Prefeitura Municipal de Dourados
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.