Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
17/02/2024 11h00min - Saúde
2 meses atrás

Defesa Civil de MS integra combate à dengue nas divisas com estados em emergência

Operações começam na próxima semana em seis cidades fronteiriças com o Paraná e oito com São Paulo.

Foto reprodução ► 
Fonte: Fonte Grande FM



Defesa Civil de MS integra combate à dengue nas divisas com estados em emergência Com estados vizinhos em situação de emergência em decorrência dos casos de dengue, a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (Cepdec) vai trabalhar no combate ao mosquito ‘Aedes aegypti’ em 14 municípios que fazem divisa com o Paraná e São Paulo. 

Segundo o Governo do Estado, os municípios de Três Lagoas – na divisa com São Paulo – e Mundo Novo – na divisa com o Paraná – serão prioritários. 

A Cepdec prevê expandir a ação, para atender mais dois municípios que fazem divisa com Minas Gerais. “Fizemos reuniões por videoconferência com os estados do Paraná e São Paulo, estamos cogitando incluir Minas Gerais na ação conjunta. Vamos atuar nos municípios que fazem divisa com estes estados com orientação e limpeza pública.  Tudo com o apoio das Defesas Civis municipais e prefeituras”, disse o capitão Maxwelbe Moura, chefe do Departamento de Riscos e Desastres da Cepdec. Enquanto estados que fazem divisa com o Mato Grosso do Sul decretaram situação de emergência – Goiás e Minas Gerais, além do Acre e Distrito Federal.

A preocupação da Secretaria de Estado de Saúde (SES) é para que a população faça a eliminação de possíveis criadouros do mosquito. Conforme o último boletim epidemiológico de dengue, divulgado ontem (15), em MS há 671 confirmados e 2,8 mil casos prováveis, em 2024. Nenhuma morte por dengue foi confirmada neste ano no Estado, mas dois óbitos estão em investigação.



•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.