Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
02/11/2023 11h00min - Agronegócio
4 meses atrás

Criado mapa da transformação digital do agro

“O propósito do estudo é mapear o cenário nacional

Canva/Grande FM ► 
Fonte: Fonte Agrolink



A Meta e a Fundação Dom Cabral estão colaborando na produção do Estudo Nacional de Evolução Digital e Inovação de Negócios, com foco no agronegócio, um setor em crescimento no Brasil. 

O estudo analisará como as empresas do agronegócio estão lidando com a transformação digital, identificando suas melhores práticas, o uso de tecnologias disruptivas e a promoção da cultura de inovação. O objetivo é criar um mapa de maturidade digital das empresas do agronegócio no Brasil e entender como estão se preparando para os desafios futuros.

“O propósito do estudo é mapear o cenário nacional, apresentando ideias e destaques do setor. Esta análise servirá de alicerce para o planejamento de novas diretrizes para a realidade do agronegócio propondo um debate de alto nível, fundamentado em evidências que  demonstram que a transformação digital deve estar alinhada à estratégia do negócio”, destaca Telmo Costa, CEO da Meta.

O estudo realizado pela Fundação Dom Cabral em parceria com a Meta tem como objetivo avaliar o nível de maturidade em inovação das empresas brasileiras, oferecendo diretrizes para o crescimento, especialmente no contexto econômico do Brasil. Destina-se a presidentes, conselheiros, diretores, empresários e líderes de tecnologia do setor do agronegócio. Os participantes terão acesso a conteúdo exclusivo e oportunidades para discutir insights do setor. A pesquisa garante a confidencialidade das organizações participantes, com análise anônima e estatística dos dados, sem divulgação de informações individuais.

“A tecnologia está à serviço de toda a cadeia produtiva e já acompanhamos os avanços na agricultura de precisão, no uso aplicado de IoT, de inteligência artificial e da robótica nos processos. Mas as pessoas estão no centro da tomada de decisão e as lideranças precisam estar preparadas para lidar com toda esta evolução para a alavancagem do setor”, complementa Costa.



•  

Agrolink
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.