Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
08/11/2023 18h00min - Meio Ambiente
7 meses atrás

Corumbá pede reforço da Capital para controlar incêndio no Pantanal

Chamas estão próximas ao Parque Estadual e equipes trabalham para evitar que cheguem ao local

Foto reprodução: Campo Grande News ► 
Fonte: Fonte Campo Grande News



Equipes do 3°GBM (Grupamento de Bombeiros Militar) de Corumbá pediram reforço à Campo Grande para combater incêndio próximo ao Parque Estadual do Pantanal do Rio Negro, entre o município e a cidade de Miranda, a 208 quilômetros da Capital sul-mato-grossense.  O local já sofre com diferentes focos de incêndios há 15 dias.

As chamas foram avistadas  há 3 quilômetros do parque. O grupo sobrevoou a área para identificar o tamanho do dano ambiental, acesso a área atingida.

De acordo com informações preliminares do corpo de bombeiros, O 3°GBM realizou o primeiro combate e aguarda a chegada da ajuda. Além de aeronaves, também está sendo feito o enfrentamento por terra, com uso de maquinário de uma fazenda.

Até o momento não há informações sobre a situação na região. Equipes trabalham para evitar que o Parque seja atingido.

Outros Focos -  Ainda nesta quarta-feira, brigadistas identificaram focos de incêndio no Pantanal da Serra do Amolar, equipes de brigadistas de Corumbá, distante 419 quilômetros de Campo Grande, se deslocaram para a área na manhã desta quarta-feira (  8 ), por volta das 5h30. A fumaça vista na região vem do fogo que já atingiu cerca de 20% do Parque Nacional do Pantanal mato-grossense na região de Poconé.

Conforme o IHP (Instituto Homem Pantaneiro), o incêndio em Mato Grosso se alastrou para Mato Grosso do Sul, às margens do Rio Paraguai. A região onde há focos, na Serra do Amolar, é uma área que forma corredor para manutenção da biodiversidade.

No Parque Nacional do Pantanal, as chamas já duram 15 dias e brigadistas do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) e do Prevfogo combatem o incêndio por terra e pelo ar. Mesmo com os esforços no combate, o fogo se espalhou por uma área de mais de 25 mil hectares do parque.



•  

Campo Grande News
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.