Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
15/09/2023 17h00min - Esporte
6 meses atrás

Copa Sul-Americana: Conmebol deve levar a final para Punta del Este

Jogo sairia de Montevidéu, mas permaneceria no Uruguai; Fortaleza e Corinthians disputam vaga na decisão

Foto divulgação ► 
Fonte: Fonte Grande FM



A retirada da final da Copa Sul- Americana, em 28 de outubro, de Montevidéu, possibilidade revelada perla Itatiaia, não significaria que o confronto deixaria o Uruguai. A sugestão apresentada pela cúpula da Conmebol aos membros do Conselho, nesta quinta-feira (14), com apoio do governo uruguaio, é de que a partida seja realizada na cidade turística de Punta del Este, a 140 km da capital do país.

O estádio utilizado seria o Domingo Burgueño, do Deportivo Maldonado, que tem capacidade para pouco mais de 25 mil pessoas. A ideia pegou alguns membros do Conselho de surpresa, e não houve unanimidade na reunião realizada na quinta-feira. Uma decisão será tomada nesta sexta (15).

A final da Copa Sul-Americana terá um time brasileiro, Fortaleza ou Corinthians, que se enfrentam na semifinal nos dias 26 de setembro, em São Paulo, e 3 de outubro, na capital cearense. O rival na decisão sairá do confronto entre Defensa y Justicia, da Argentina, e LDU, do Equador.

O Fortaleza jogou nesta temporada no Domingo Burgueño, em fevereiro, pela fase preliminar da Copa Libetadores, chamada aqui no Brasil de “pré-libertadores’. O jogo terminou 0 a 0 no Uruguai, e na volta os brasileiros venceram por 4 a 0, avançando de fase. O Leão parou na etapa seguinte para o Cerro Porteño-PAR, migrando para a Copa Sul-Americana, onde alcançou a semifinal.

O impasse sobre o local da decisão da ‘Sula’ foi o tema do debate do Conselho na tarde e noite de quinta. O motivo para retirar o jogo de Montevidéu, segundo apurou a Itatiaia, é relacionado a estádio: o Centenário, onde cabem 60 mil pessoas, é considerado muito grande, e custoso, mesmo com a possibilidade de o Corinthians estar na decisão e levar uma multidão ao Uruguai.

A Conmebol avalia que o Centenário ficaria com muitos assentos vazios, e poderia haver prejuízo, além de menor visibilidade aos patrocinadores. A análise é que Fortaleza, Defensa e LDU não levarão tantos torcedores ao Uruguai, caso estejam na decisão.

A segunda opção em Montevidéu, o Parque Central, pertence ao Nacional, clube com ótima relação com a Conmebol. Com capacidade para pouco menos de 40 mil pessoas, era considerado o cenário ideal, mas a entidade exige que a arena fique exclusiva para ela a partir de 15 dias da data da final, para arrumar gramado, se necessário, envelopar os setores com seus patrocinadores, etc.

Isso causou um problema, já que o Campeonato Uruguaio está em andamento e, justamente em 28 de outubro, está marcado o clássico Nacional x Peñarol para o Parque Central. O jogo poderia ser adiado, mas perder sua arena por duas semanas não estava agradando à diretoria do Nacional.

O governo uruguaio, que tem ótima relação com a Conmebol após comprar vacinas da Covid-19, em 2021, para que profissionais do futebol da América do Sul fossem vacinados, sugeriu então levar a partida para Punta del Este, argumentando ser um local conhecido, que agradaria aos torcedores e ajudaria também na divulgação turística.

A possibilidade, porém, foi questionada por alguns membros do Conselho por alguns motivos: capacidade pequena do estádio, e temor de invasão dos corintianos, se estiverem na final;  maior dificuldade para a chegada de torcedores, que terão que descer em Montevidéu e fazer ainda uma viagem por estrada de cerca de duas horas.



•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.