Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
28/05/2024 14h00min - Geral
3 semanas atrás

Começa a liberação do Auxílio Reconstrução dos R$ 5,1 mil para famílias gaúchas


 ► 
Fonte: Fonte Brasil 61



No Rio Grande do Sul, o ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, anunciou o começo da segunda etapa do Auxílio Reconstrução.  A partir desta segunda-feira (27), 44.592 famílias gaúchas podem confirmar os dados cadastradas pelas prefeituras e, a partir disso, ter acesso ao benefício de R$ 5,1 mil. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa na Câmara da Indústria, Comércio e Serviços (CIC), em Caxias do Sul, com a presença do vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, e do ministro da Reconstrução, Paulo Pimenta.

A confirmação das informações deve ser feita pela pessoa responsável de cada família no site do Auxílio Reconstrução, com a conta Gov.br:  Após a confirmação dos dados, o nome da pessoa será enviado para a Caixa Econômica Federal, responsável pelo depósito na conta do beneficiário.

 “Por recomendação do presidente Lula, eu e o ministro Pimenta seguimos no Rio Grande do Sul, prestando nossa solidariedade e todo o apoio necessário para a elaboração dos planos de trabalho e liberação rápida de recursos, para que a população possa retornar à normalidade o mais rapidamente possível”, disse o ministro Waldez Góes.

O ministro Paulo Pimenta falou sobre a agilidade no pagamento do benefício. “As famílias devem começar a receber os R$ 5,1 mil no prazo de 48h”, reforçou. 

Ajuda do MIDR

Até o momento, o Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR) aprovou R$ 310,1 milhões para atender 207 municípios. Além disso, 406 planos de trabalho foram aprovados. Até a publicação desta matéria, foram registradas 169 mortes. Atualmente, há 56 pessoas desaparecidas, 581.638 desalojadas e 55.813 em abrigos. O número de resgate de animais chegou a 12.521 e, até agora, 469 municípios foram afetados pela chuva.

Na coletiva desta segunda, o ministro Waldez Góes destacou o trabalho da Defesa Civil Nacional no Rio Grande do Sul. “Desde o início do desastre, em parceria com o estado e municípios, a Defesa Civil Nacional trabalha na resposta imediata, salvando vidas e cuidando dos primeiros planos de ajuda humanitária e restabelecimento para garantir alimentação, água, produtos de higiene pessoal, banheiros químicos e combustível”, afirmou Waldez.

O ministro também acrescentou a força-tarefa do Governo Federal para retirar a água dos municípios. “Estamos muito focados no escoamento da água das cidades, principalmente da Região Metropolitana de Porto Alegre. No total, vamos conseguir pouco mais de 40 bombas, como parte dos planos”, disse Waldez, ressaltando a presença do secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Wolnei Wolff na coletiva.

Planos de reconstrução

O Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional começou a receber planos de trabalho para a reconstrução das áreas destruídas pela chuva. Até o momento, 40 planos de reconstrução estão em análise pelo ministério.

Fonte: MIDR



•  

Brasil 61
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.