Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
09/04/2024 19h00min - Cinema
2 meses atrás

Charlie Brown Jr: história de amor entre Chorão e esposa vai virar filme

Produção será baseada no livro escrito pela própria Graziela Gonçalves, Se não eu, quem vai fazer você feliz?

Imagem reprodução: redes sociais ► 
Fonte: Fonte Grande FM



Para a alegria dos fãs de Chorão, da banda Charlie Brown Jr, a famosa história de amor entre o cantor e sua esposa, Graziela Gonçalves, vai virar filme. Dirigido pelos mesmos diretores do documentário Marginal Alado, da Netflix — que conta a ascensão da carreira do artista, onde a produção será baseada no livro escrito pela viúva e lançado em 2018, Se não eu, quem vai fazer você feliz? Minha história de amor com Chorão. 

O longa acompanhará o romance entre o icônico vocalista do Charlie Brown Jr. com Grazon, como era chamada pelo cantor; 

Com direção de Hugo Prata e Felipe Novaes, o filme terá roteiro de Duda de Almeida; 

Um título oficial não foi divulgado, nem a previsão de lançamento da produção; 

O anúncio, feito na segunda-feira ( 8 ), chega na semana em que o artista completaria 54 anos. 

Lançado em 2018, Se não eu, quem vai fazer você feliz? é um emocionante livro de memórias no qual a viúva de Chorão narra a história de amor dos dois, desde quando se conheceram até o trágico dia de sua morte: em março de 2013. 

A obra revela, inclusive, que Graziela foi a inspiração para uma das músicas mais famosas do cantor, que também era compositor: “Proibida pra Mim”, lançada em 1997. A canção explodiu ao se tornar tema do seriado Malhação, da Globo, em 1998. 

Alexandre Magno Abrão, ou Chorão, foi um dos maiores ícones do rock nacional. Misturando um som hardcore com skate e reggae, ele cofundou a banda santista Charlie Brown Jr., com quem lançou 10 discos, tornando-se uma das bandas mais famosas do Brasil no fim dos anos 1990. 

Entre outros sucessos do Charlie Brown estão: “O Côro Vai Comê!” e  “Tudo que Ela Gosta de Escutar”. Ao total, a banda vendeu mais de cinco milhões de discos. 

Chorão faleceu no dia 6 de março de 2013, em São Paulo, aos 42 anos, vítima de uma overdose de cocaína. 



•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.