Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
04/09/2023 14h00min - Geral
6 meses atrás

Brasil perdeu mais de 400 mil empresas no primeiro semestre de 2023


Foto reprodução: Canva/Grande FM ► 
Fonte: Fonte Grande FM



No primeiro semestre de 2023, o Brasil testemunhou o encerramento de um total de 427.934 empresas, abrangendo diversas categorias, como micro, pequeno, médio e grande porte. Este saldo negativo representa a diferença entre o número de empresas que foram abertas e as que foram fechadas no país, excluindo os Microempreendedores Individuais (MEIs). 

Essa análise foi realizada e fornecida ao G1 pela Contabilizei, com base nos registros do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJs) da Receita Federal.

Comparado com anos anteriores, o fechamento de empresas tem superado as inaugurações desde o quarto trimestre de 2021. Durante esse período, mais de 750 mil empresas deixaram de existir na economia brasileira.

Nesse intervalo, foram criadas 2,08 milhões de empresas, enquanto 2,83 milhões encerraram suas atividades.

A situação é particularmente preocupante no setor industrial, apesar de sua menor representatividade quantitativa. No entanto, os números chamam a atenção quando analisados em proporção.

Para ilustrar, no segundo trimestre deste ano, o número de empresas industriais fechadas foi três vezes maior do que o de inaugurações. Durante esse período, 7.810 empresas industriais foram abertas, enquanto 25.151 fecharam suas portas.

Além disso, o setor industrial registra um saldo negativo desde o terceiro trimestre de 2021. O setor comercial passou a apresentar saldo negativo no quarto trimestre de 2021, enquanto os serviços só entraram nessa situação no terceiro trimestre de 2022.

Em termos absolutos, o comércio teve o desempenho mais preocupante. Durante o segundo trimestre de 2023, 129.515 empresas fecharam, enquanto apenas 61.685 foram abertas. Isso significa que aproximadamente duas empresas fecharam para cada uma que foi inaugurada.

Em contraste, o setor de serviços fechou 196.651 empresas e viu a abertura de outras 133.836 no segundo trimestre deste ano. Nesse contexto, a proporção indica que 1,5 empresa fechou para cada empresa inaugurada.



•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.