Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
13/03/2024 16h00min - Tecnologia
1 mês atrás

Baterias sólidas podem triplicar autonomia de carros elétricos


Foto reprodução: Guteksk7/Shutterstock ► 
Fonte: Fonte Grande FM



Um dos principais desafios para a popularização dos veículos elétricos  é a falta de infraestrutura de recarga. Além de alguns países (caso do Brasil ) praticamente não terem estações de recarga disponíveis, a autonomia das baterias ainda é um dos motivos que leva alguns motoristas a preferirem continuar comprando carros à combustão. Mas um nova tecnologia pode mudar este cenário.

As baterias sólidas prometem revolucionar o mercado

Grandes fabricantes de automóveis estão investindo bilhões de dólares em pesquisa e desenvolvimento de baterias sólidas, que podem triplicar a autonomia de carros elétricos.

Atualmente, veículos que utilizam uma bateria de íon-lítio da geração atual podem ter uma autonomia de cerca de 500 quilômetros, a depender do modelo. Com a nova tecnologia, no entanto, esse alcance pode triplicar, chegando a 1.500 quilômetros.

Além disso, a durabilidade da bateria pode dobrar, passando de 5 mil para 10 mil ciclos. Cada ciclo representa uma carga e descarga.

Por fim, o tempo necessário para recarregar um carro elétrico pode ser reduzido drasticamente, passando de uma hora para apenas oito minutos com as novas baterias sólidas.

O projeto ainda está em fase de desenvolvimento. Isso significa que estes dados, por enquanto, são apenas uma estimativa de como a nova tecnologia pode funcionar. A expectativa mais otimista é de que as baterias sólidas cheguem ao mercado a partir de 2027.

Custo-benefício vale a pena?

Um dos obstáculos para a implantação das novas baterias é o custo de produção.Por outro lado, a versão sólida pode ter uma vida útil maior do que a de íon-lítio.Os modelos atuais costumam durar cerca de 10 anos, e o preço de troca pode chegar a até metade do preço do veículo.Segundo especialistas, a bateria sólida pode ter uma vida útil de até 18 anos, além de ser mais segura.


•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.