Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
03/07/2023 19h00min - Música
8 meses atrás

Ana Castela, Miley Cyrus e Morgan Wallen foram os "reis da parada" no primeiro semestre

Marília Mendonça, SZA e Calvin Harris também se destacaram

Foto reprodução: Vagalume  ► 
Fonte: Fonte Vagalume



Terminada a primeira metade de 2023, já é possível sabre quem foram os "donos da parada" no Brasil, EUA e Grã Bretanha E o que se nota é que esses rankings, com exceção da lista de álbuns britânicos, foram dominados por poucos nomes, com destaque para três: Ana Castela, Morgan Wallen e Miley Cyrus. Brasil Com um mercado focado primordialmente em singles e no desempenho nas plataformas de streaming, a Billboard não tem um ranking de álbuns mais populares no Brasil. Ela divulga semanalmente uma lista com as 25 canções mais populares no país. Olhando os resultados desde janeiro, fica claro que Ana Castela é, no momento, nossa artista de maior destaque..

A cantora já havia aparecido duas vezes no número 1 no começo do ano com "Bombomzinho", música de Israel e Rodolfo com participação dela, lançada em 2023 - no total foram quatro vezes lá em cima. Ainda assim, esses números são até discretos quando comparados às 12 semanas que "Nosso Quadro", hit absoluto da artista, ficou no topo do ranking.

Abaixo da "Boiadeira" apareceram "Leão", de Marília Mendonça (cinco vezes), "Zona de Perigo", de Leo Santana  (três) e a atual "rainha da parada": "Tá OK", parceria de Dennis com o MC Kevin o Chris que também já está há três semanas encabeçando o ranking (amanhã, o site da cenetenária publicação norte-americana divulgará o resultado dos últimos sete dias de junho).

EUA

Nos EUA, quem igualmente anda dominando, é a música de raiz, no caso deles o country. Morgan Wallen é o rei tanto do ranking de álbuns quanto do de singles. "One Thing at a Time", novo álbum do cantor, está há 15 semanas no número 1, enquanto, "Last Night" apareceu 12 vezes no alto do pódio da parada de compactos.

Outro álbum que fez muito sucesso por lá foi "SOS", de SZA, com oito semanas no primeiro posto. Somente outros quatro discos chegaram ao topo do ranking no primeiro semestre, cada um por uma única semana, incluindo os dos K-poppers Tomorrow X Together e Stray Kids. Entre os singles, só uma outra música fez frente ao sucesso de Wallen: "Flowers", de Miley Cyrus, com oito semanas no primeiro posto, e sobre quem já falaremos mais. Grã Bretanha

O ranking de álbuns do Reino Unido anda bem mais dinâmico, com os discos raramente ficando no primeiro lugar por mais de uma semana - por lá é comum que os LPs tenham uma boa vendagem em formatos físicos nos primeiros sete dias de mercado, o que explica esse rodízio de nomes. Da mesma forma, é comum que um trabalho que estreou na posição de número 1 despenque várias posições no ranking seguinte. Em 2023, apenas dois artistas conseguiram ficar duas semanas com um álbum no topo: Ed Sheeran, com "- (Subtract)" e Lewis Capaldi ("Broken By Desire To Be Heavenly Sent").

Quando falamos de singles, o que se percebe é algo semelhante ao visto no Brasil e EUA, com algumas músicas passando muito tempo no número 1. A já citada "Flowers" foi a mais bem sucedida delas, com 10 semanas de reinado. Logo em seguida tivemos "Miracle ( With Ellie Gouding)", de Calvin Harris (seis) e a atual queridinha dos britânicos: "Sprinter ( With Central Cee )", de Dave, que passou as quatro semanas de junho em primeiro lugar.



•  

Vagalume
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.