Atração no ARS
NO AR
Tocando agora
VOCÊ CURTE
EM DOURADOS
22/09/2023 20h00min - Geral
9 meses atrás

Aeroporto de Cingapura será o 1º do mundo a trocar passaportes pelo reconhecimento facial

As mudanças estão previstas para 2024 e preveem que a identidade do viajante será validada por novas estratégias de checagem

Foto montagem - Grande FM 92,1 ► 
Fonte: Fonte Grande FM



O moderno aeroporto de Cingapura vai ser o primeiro do mundo a abandonar por completo a exigência dos passaportes.

No lugar dos tradicionais documentos, o reconhecimento facial e a checagem dos dados biométricos serão utilizados. As mudanças estão previstas para a partir de 2024.

Saem os passaportes; entra o reconhecimento facial.

A decisão de trocar os passaportes pelas novas tecnologias foi confirmada durante sessão no parlamento de Cingapura. Outras alterações na Lei de Imigração também foram aprovadas pelas autoridades do território asiático.

"Cingapura será um dos primeiros países do mundo a introduzir autorização de imigração automatizada e sem passaporte. Nossos sistemas de imigração devem ser capazes de gerenciar o volume elevado e crescente de viajantes, de forma eficiente, e proporcionar uma experiência de uso positiva, garantindo ao mesmo tempo nossa segurança". comentou Josephine Teo, ministra das Comunicações de Cingapura

A partir dos dados biométricos, cada passageiro terá um “token único de autenticação”. Em diferentes pontos do aeroporto, a identidade do viajante será validada pelas novas estratégias de checagem, como no despacho das bagagens, na liberação da imigração ou mesmo no embarque. Isso elimina tanto a necessidade do passaporte físico quanto dos bilhetes de embarque impressos.

O aeroporto de Cingapura já é pioneiro no uso de novas tecnologias. Desde 2018, são testadas localmente sistemas de reconhecimento facial, especialmente na retirada de bagagens e no check-in.

Apesar do anúncio das modificações, não foram divulgadas informações de como vai funcionar o cronograma de etapas novo esquema de validação de identidade dos viajantes. Também não foi informado se haverá necessidade de pré-inscrições no sistema. Questões sobre a privacidade em relação aos dados não foram abordadas pelo governo de Cingapura.

Cingapura é pioneira, mas não um caso isolado

Além de Cingapura, outros locais também já flertam com a adoção de novas tecnologias para o embarque e desembarque de passageiros.

Um exemplo é o Aeroporto Internacional de Dubai, que já usa mecanismos de reconhecimento facial para facilitar o percurso dos viajantes, em menor escala, outros aeroportos utilizam sistemas que analisam dados biométricos dos passageiros. É o caso da Índia, Japão e Inglaterra.



•  

Grande FM
Publicada em:

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.